CAFÉ COM CIÊNCIA: Projeções Assistenciais – EVENTO GRATUITO

Período: 20/07/2018

Horário: 19:30 às 21:30

Localização: CEA - Belo Horizonte


SEXTA-FEIRA

Nesta edição haverá o lançamento do livro: Projeções Assistenciais – O que você pode fazer de assistências por meio da experiência fora do corpo?  com a autora Marilza de Andrade. 

 

 

 

 

 

 

 

O Café com Ciência é um evento gratuito que reúne autores para apresentação e divulgação de suas obras junto ao público, estimulando debates e massa crítica para as ideias da Projeciologia e Conscienciologia, tudo isso em um ambiente descontraído aproximando os autores e seus leitores.

A projeção consciente é megadesafio para os seres humanos, seja para as pessoas comuns ou para os sensitivos, consciências mais afeitas à parafenomenologia. Sair do corpo com lucidez ainda será, por muitos séculos, um exercício contínuo de abrir mão da vida material para a vivência da multidimensionalidade.

A autora, com sua experiência parapsíquica de longa data, consagra a importância do parapsiquismo assistencial como grande recurso – talvez o maior – para a dinamização da evolução consciencial. A projetabilidade lúcida “tira o Homem-consciência de dentro do Homem-animal.”

Por que sair do corpo? Por que dedicar décadas de vida à interação silenciosa entre as dimensões intra e extrafísica? Quais são os ganhos da sensitiva centrada na assistência?

Marilza de Andrade nos proporciona um relato gratificante, de ampla experiência, sobre a atuação sinérgica dos amaparadores extrafísicos na vida das pessoas predispostas às experiências fora do corpo assistenciais..

Projeções Assistenciais não é apenas um relato de uma vida dedicada à assistência, mas um tributo à prática da Tenepes (Tarefa Energética Pessoal). Se a projeção consciente nos direciona para a vida consciencial, o livro é um estímulo ao conhecimento da parahumanidade.

MARILZA DE ANDRADE (1942), NATURAL DO ESPÍRITO SANTO, CRESCEU NO RIO DE JANEIRO (RJ). AUTODIDATA, EXERCEU ATIVIDADES COMO TERAPEUTA NATURALISTA E FLORAL. TEVE EXPERIÊNCIAS PROJETIVAS DESDE A INFÂNCIA, E JÁ NA ADOLESCÊNCIA, MANIFESTOU O PARAPSIQUISMO DE MANEIRA BENIGNA E ASSISTENCIAL. TORNOU-SE VOLUNTÁRIA E PARTICIPOU DA FUNDAÇÃO DO INSTITUTO INTERNACIONAL DE PROJECIOLOGIA EM 1988.  ATUALMENTE É PESQUISADORA E VOLUNTÁRIA DA INSTITUIÇÃO  CONSCIENCIOLÓGICA JURISCONS.

 

 

 

Faça sua Inscrição: