img_vit_int_voluntariadoO IIPC funciona a partir do voluntariado, ou seja, da disponibilização espontânea de tempo e conhecimento de pessoas das mais variadas idades, etnias, formações culturais e profissionais. O voluntário é a pessoa dedicada a trabalho sem vínculo empregatício, prestando ajuda de modo espontâneo e efetivo.

As pessoas atuantes no IIPC desenvolvem o vínculo consciencial em detrimento do vínculo empregatício. O vínculo consciencial sobrevém quando as idéias e os interesses estão acima do interesse monetário. A motivação dos voluntários do IIPC está pautada na realização das tarefas esclarecedoras sobre a evolução consciencial.

O trabalho voluntário vem assumindo um papel social cada vez mais relevante. Em 1985 foi criado pela Assembléia Geral das Nações Unidas o Dia Internacional do Voluntário, comemorado anualmente no dia 5 de dezembro. Na Resolução sobre a criação do Dia Internacional do Voluntário, a ONU incentiva todos os governos a adotar medidas para a valorização da colaboração dos voluntários.

No parecer da ONU, o voluntariado beneficia tanto a sociedade em geral como o próprio voluntário. Realiza importantes contribuições a nível econômico e social e contribui para formar sociedades mais coesas e inclusivas, uma vez que fomenta a confiança e a solidariedade entre os cidadãos. Para a ONU, os fundamentos do voluntariado são os valores da vontade livre, do compromisso, do engajamento e da solidariedade.

Em setembro de 1990, em Paris, a IAVE – International Association for Volunteer Effort, inspirada na Declaração dos Direitos Humanos, redigiu a Declaração Universal do Voluntariado. A Declaração estabelece que o voluntariado:

 

  1. É uma decisão voluntária, apoiada em motivações e opções pessoais;
  2. É uma forma de participação ativa do cidadão na vida das comunidades;
  3. Contribui para a melhoria da qualidade de vida, realização pessoal e uma maior solidariedade;
  4. Traduz-se, regra geral, numa ação ou num movimento organizado, no âmbito de uma associação;
  5. Contribui para dar resposta aos principais desafios da sociedade, com vista a um mundo mais justo e mais pacífico;
  6. Contribui para um desenvolvimento econômico e social mais equilibrado, para a criação de empregos e novas profissões.

Fontes:
Homo sapiens reurbanisatus
IAVE – International Association for Volunteer Effort – http://www.iave.org
Programa de Voluntários das Nações Unidas – United Nations Volunteers – http://www.unv.org